CURTO E GROSSO

Anônimo

Foi por intermédio de uma amiga que conheci Carlos, um gaúcho de 3O anos, 1,80m, fofinho mais daqueles fortinhos, coxas grossas, cabelos curtos e um pau curto e Grosso e por sinal bem cheiroso também rs .
O nosso primeiro encontro foi num barzinho, Carlos foi ficando cada vez mais alegre e safadinho.
-Acho que você esta passando da conta na cerveja, Carlos!
-Gosto muito de cerveja e ficar desinibido!

-Comigo você pode falar, a vontade, estou acostumada ouvir de tudo!
– Delícia, você é uma delícia!
Ele esticou o braço, e com a ponta do dedo indicador acariciou a minha orelha e como um risco até o V do decote da minha blusa, levou o dedo na boca, dizendo:
-Porra, você é muito mais gostosa que eu imaginava, deliciosa!
-Rs rs rs rs, muito criativo sua cantada!
-Me deu vontade de sentir o gosto de sua xaninha!
-Bem que eu disse que você já bebeu demais, está falando com a língua mole!

-A língua mole, lambe melhor a sua xaninha, e só em pensar, fiquei pronto para  arrombar seu cuzinho! GARSOM, TRÁS A CONTA!
-Já quer ir embora, Carlos?
-Sim, vou seguir seu conselho, chega de cerveja, agora tenho que comer!
-O que pretende comer, onde?
-Você, no motel, olha a situação que você me deixou! Se elogiou minha cantada, só tenho que dizer vamos!
Confessei a ele que estava muito excitada também e que queria sair dali o mais rápido possível. Carlos apenas deu um sorriso e disse que estava demorando muito para fazer o convite. Pagou a conta do bar e fomos direto para o motel mais próximo. Entramos no quarto e nos atiramos na cama, arrancando rapidamente nossas roupas.
Seu pau já estava duro como pedra, isso só aumentou o meu tesão, não via a hora de provar a competência de Carlos, a xoxota molhadinha, já escorrendo mel.
Carlos veio por cima de mim e me atacou com uma língua espetacular

Lambendo cada parte da minha xaninha quente, levando o mel na ponta da língua para o meu anel. Mandou eu ficar em pé, em cima da cama e começou a chupar .
Sugava o meu grelo como se fosse um canudinho de refrigerante, já tive vergonha de ser greluda, porém, com tantos elogios recebidos, hoje me sinto privilegiada com o tamanho do meu clitóris.
-Puta que pariu, que coisa linda, porra é muito gostoso chupar esta piroquinha de mulher, se as piriguetes descobrem que você tem um grelo deste tamanho, não vão lhe dar sossego!
-Para de falar, vai, chupa, está muito bom, humm, muito bom, uuiiii.
Parecia gay, de tanto que ele gosta de chupar, comparando com vídeos pornô, isto não foi por muito tempo em pé, mandou que deitasse, e veio com aquele pau, CURTO E GROSSO ( imagina, quase uma lata de cerveja Skol de 259ml ) babando mel salgadinho tentando introduzir em minha pequena boca, e ele não deixou meu grelo por uns cinco minutos, enquanto eu teimava em abocanhar o pau, não tinha jeito, os meus dentes arranhava a torra e ele desistiu de ser chupado (experimenta abocanhar uma latinha)
Colocou-me de quatro, e teve que recorrer a recepção para pedir KY, minha lubrificação natural e a saliva não era suficiente para escorregar aquele caralho , CURTO E GROSSO no túnel do amor, e enquanto não chegava, ele foi enfiando os dedos, alargando minha buceta.
Acho que doeu muito mais de quando perdi o cabaço, aquilo foi entrando, rasgando, chorei na pica, gritei muito, ainda bem que não tinha comprimento, ele foi carinhoso, esperou eu acostumar para lentamente iniciar o vai e vem, gozei muito, e como ele estava cheio de cerveja, custou a gozar, o que me proporcionou gozar não sei quantas vezes.
Tomamos um banho e na cama, com o pau mole consegui colocar tudo aquilo na boca, por uns poucos minutos, ele tirou, disse que os dentes estava machucando.
Chupou mais meu grelinho, muito carinhoso, confessou que nunca em toda sua vida nunca comeu um cu igual ao meu.
-Gosto muito de você, não deixo mesmo, li esta semana o relato:
“Não avisou, que era virgem no cu e ficou sem as pregas”

-E foi com uma piroquinha que qualquer formiguinha leva para o seu buraquinho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s