ESPOSA DE CORNO MANSINHO

Anônimo

Meu nome é Nina e Tenho 24 anos sou morena clara e magra mas tenho uma bunda grande e atrativa. Meu marido corninho tem 28 anos também moreno claro somos casados há oito anos, bem resolvidos e muito felizes. Já fiz o marido de corno algumas vezes o que tem demais? Se o cara gosta de ser corno não é da conta de ninguém ser corno é um estado de espírito para poucos. Sei que meu marido é feliz sendo corno. Por isso quero contar tudo desde o início até os dias de hoje quanto mas chifres ele leva mais apaixonado fica. E quando o chifre é de bunda ele fica maluco de tesão em saber e ver. Começou com um colega dele há uns dois anos atrás, quando descobri que ele tinha essa fantasia! No começo achei que fosse “fogo de palha” que logo iria passar estava enganada. Depois de algum tempo eu dizendo NÃO ele parou um pouco de falar no assunto, porque não me sentiria a vontade transando com outro homem. Passado um mês ele voltou a me pedir para ser corno novamente, continuo dizendo NÃO, mas ele insiste… Não sabia mais o que fazer, queria realizar o fetiche dele, mas estava insegura, tinha receio de, após eu dar para outro homem, nossa relação “azedar”, acabar em brigas. Prezo muito meu casamento a primeira vez que meti com outro homem foi com um colega do meu marido que passava uns dias na nossa na casa de praia. Todos estavam dormindo meu marido me acordou e pediu para ir até o quarto onde nosso hospede dormia. Levantei da cama, só de calcinha e uma camiseta transparente, passei na porta do quarto dele, percebi que ele estava acordado e puxei assunto: – Que calor! Vou tomar água… Quer? Fui até a cozinha. Ele saiu do quarto e veio atrás. Começamos a nos beijar calorosamente, logo em seguida fomos para o sofá da sala ele sentou e eu comecei a cavalgar gostoso naquele pau grosso, depois ele me chupou, me colocou de quatro onde me fodeu gostoso, gozou dentro da minha buceta aquela porra quente. Eu gozei como nunca, voltei para o quarto toda melada e fiz meu corninho limpar aquela porra toda contando para ele todos os detalhes. Ele me interrompeu: – Nem precisa me contar eu assisti tudo e vocês nem perceberam! Depois daquela noite eu e o amigo do meu marido fodemos mais algumas vezes, algumas na minha casa quando o corninho saia para trabalhar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s