O Mexicano

Insaciável

Conheci o Mexicano em um site de encontros, ele moreno, 54 anos, 1.80 alt, parrudo e com uma rola preta de 18 cm, bem grossa, aquelas rolas de respeito, ficava sempre imaginando se ia aguentar. Já eu tenho 35 anos, 1.80 alt, moreno, com uma bunda de deixar os machos malucos!

Trocamos contato e ficamos conversando por um bom tempo, na época eu tinha acabado de casar, talvez até por isso acabamos ficando só no papo.

Passado um tempo voltamos a nos falar, sempre mandando fotos e me contando das suas fodas que me deixavam com muito tesão, sempre batia uma, pensando naquele macho me comendo, mas tinha muito receio por causa do casamento.

Até que um dia estava de férias sem a minha esposa, e morrendo de vontade de dar, comecei a marcar com um macho em um site, mas acabou não dando certo, quando já estava desanimando, eis que surge novamente o mexicano me mandando mensagem falando que ainda estava com muita vontade do meu cuzinho.

Com certeza aquele era um sinal, nem perdi muito tempo com conversa, só perguntei se ele estava sozinho em casa e se poderia ir lá, de pronto respondeu que sim e estava me esperando, na hora fiquei com o cuzinho piscando, só fui tomar um banho e ficar limpinho para o macho.

Peguei o carro e fui para casa dele com o tesão a mil, dirigindo de pau duro imaginando como seria. Quando cheguei ele me aguardava no portão com um shorts sem cueca que mostrava o volume e camiseta.

Cumprimentei e entramos em casa, fomos para sala e ele sentou do meu lado, começamos a conversar, ele tinha um sotaque espanhol, que disse ter vindo do México, logo reparou que eu estava de pau duro e perguntou se era Vontade de rola, eu logo disse que sim e fui pegar na rola dele que já estava um pouco para fora do shorts mesmo mole, e que rola daquelas pretona, grossa e pesada.

Logo comecei a apertar e fui colocando na boca, mesmo mole ainda não conseguia engolir ela toda e cada vez ia ficando maior, até me assustei, mas não tinha como voltar atrás rs.

De repente ele me puxa para subir e ir para a cama, continuamos com um 69 muito gostoso, eu chupando a rola dele e ele linguando e enfiando os dedos no meu cuzinho, que tesão que estava.

Queria muito a rola daquele macho em mim, me levantei e escapei aquele charutão, ele ficou sentado na ponta da cama, e eu fui sentar nele, o tesão era tanto que após conseguir engolir aquela rola com meu cuzinho e dar duas sentadas acabei gozando muito no chão, sem nem tocar no meu pau, meu macho perguntou se queria parar, mas falei que não, pois queria muito mais. Não ia parar até tirar leite daquele gostoso igual sempre imaginei!!

Voltamos a foda e fiquei de 4 para sentir ele todo em mim, mas nessa posição sua rola parecia que estava me rasgando, gemia muito, parecia que não ia aguentar, mas meu macho me deitou, colocou o peso sobre mim e ia beijando meu pescoço e minha boca, forçando meu cuzinho e me levando a loucura, me colocou de ladinho e continuou até me avisar que estava quase gozando.

Queria ver a porra daquele macho, então virei ele e comecei a bater uma punheta até tirar leite do macho, acabei gozando de novo também, que delícia de foda.

Fiquei com o cuzinho ardendo por 1 semana, mas a lembrança da foda fazia esquecer a dor. Ainda conversamos e quem sabe logo mais teremos outra!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s