GOZO TENEBROSO

Glauco Matoso

Um cego que se assuma desdictoso
mas versos faça á venda que lhe vende
os olhos, masochista idéa vende,
em livro, a seus leitores, que teem gozo.

Leitores que lerão Glauco Mattoso
tal como, persistente, ser pretende:
vendendo a vil imagem que se estende
por “desilluminismo” luminoso.

A scena que escancara o torpe bardo,
política nãos endo, nem correcta,
dar pode um termo ao cego: infelizardo.

Assim, “deshumanista”, a sua meta
é sobrecarregar de foda um fardo
fodido, já, de sobra: o do poeta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s