“MADEMOISELLE FURTA-COR”

Armando Freitas Filho

I know its beginning:
stitch and ball,
skein of honey and languor
slow links
that my tongue licks
in the naked heat,
in the middle of your legs:
hair rings,
longings and we fall apart
at nothing or stain
all over the body sheet
naked and rumpled:
we are all ties here
and we tear ourselves apart
slowly – pore by pore;
rumble of silks
or an entire skin
sweat and sigh:
I sob every scare you
that dissolves us.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s